O Jogo dos mistérios (Naruto e Harry Potter)

 :: Fan Zona :: Fan-fic

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O Jogo dos mistérios (Naruto e Harry Potter)

Mensagem por Hinata Weasley em Qui Abr 23, 2009 9:26 pm

Demorou mais chegou, pessoal! Acabei de terminar o cap. 8 em breve o 9! Aguardem^^





Capitulo oito

Lobos


parte um






Andando sem nem idéia pra onde iam, Lucas e Sasuke vagavam pela mansão com passos lentos e nervosos, o silêncio vagava pelos corredores até ouvirem um barulho estranho, que mais lembrava um cachorro com raiva.
-O que foi isso? – perguntou Sasuke, apreensivo.
-Não sei, mas acho que veio lá da frente! – respondeu Lucas, apontando para o Norte.
-Vamos ver o que é! – disse Sasuke, andando o mais rápido que podia.
-E ele é que me chama de “maluco”, é ele que está doidinho andando atrás de um sei lá o que! – disse Lucas, para si mesmo, andando atrás de Sasuke.
Enquanto os dois corriam pela mansão, Harry e Sakura encaravam o animal que acabara de dar um rugido assustador.
-Canino, o que está fazendo aqui? – perguntou Sakura, tentando manter a calma.
-Nada, hora essa! Eu moro aqui! Os arredores dessa mansão pertence ao animais e aos vampiros! Todas as vilas que circulam por aqui são de vampiros! Os animais daqui tem que fugir para se proteger, e eu particularmente, adoro isso – respondeu Canino com um sorriso maldoso.
-Como você pode gostar de ser cassado? – perguntou Harry, indignado.
-Mas não sou cassado, trabalho para os vampiros, lembram? E também não sou um lobo por completo, e eu e os vampiros temos que nos alimentar dos animais já que não há humanos por aqui – Canino encarou os dois com um sorriso ainda mais maldosos, e depois completou com um sussurro – e é por isso que amamos a temporada do “O Jogo dos Mistérios”!
Harry e Sakura se entreolharam, e ambos perguntaram com uma voz tremida:
-Temporada?
-Exato, 16 humanos são escolhidos todo ano como animais para participarem de um evento que acontece uma vez por ano – respondeu Canino – eles são presos como animais nessa mansão e expostos como caça para os seres que vivem ao redor, ganham aqueles que passam por todas as fazes do jogo... Com vida! Mas acreditem, por mais que o objeto pareça simples, não é! Passar por todas as fazes do Jogo dos Mistérios não é nada fácil, na verdade chega a ser um “Mito”.
-E o que acontece com quem ganha – perguntou Harry, tentando ignorar a possibilidade de perder.
-Esse ganhador sortudo é liberto, volta a sua dimensão, e ainda ganha um prêmio!
-E que tipo de prêmio? – perguntou Sakura.
-Qualquer um – respondeu Canino.
-E alguém já conseguiu vencer? – perguntou Harry, com esperança.
-Não!
Os outros dois se assustaram, e Sakura perguntou com uma voz tremida e assustada:
-Então todos os outros participantes... De todos os jogos atrás... Morreram?
-Também não! Simplesmente ainda vagam pelo Castelo ou pelos seus arredores, por mais que não tenham morrido, não venceram por não terem passado de faze.
Mesmo assustados, Sakura e Harry tentava manter a calma e continuar com um raciocínio lógico.
-Então... – começou Harry, a perguntar – Porque o Motoqueiro Fantasma disse que já tinha participado?
-Ambos, o Motoqueiro e Oliver, participaram quando teve uma edição especial do jogo, essa edição misturava vários tipos de seres, não só os humanos, essa edição aconteceu somente uma vez. Por mais que os participantes anteriores fossem humanos diferentes: bruxos, ninjas, pessoas com poderes especiais ou eu sei lá mais o que! Eles ainda sim eram no mínimo 90% humanos, mas nessa edição... A coisa foi diferente!
-Oliver?Ele participou dessa rodada? – perguntou Sakura.
-Sim o “Príncipe Oliver” participou dessa rodada, graças ao seu pai, Pliver, Oliver foi obrigado a participar dessa prova ainda quando era garoto, sua mãe se preocupou com ele e disse para seu marido que não fizesse isso pois ele era ainda muito pequeno, porém o pai não quis dar ouvido, e em um sentido figurado, digamos que o pai jogou o filho para “Os Dragões”. Por isso Oliver é assim, ele foi criado nessa mansão, afinal, essa rodada demorou mais de 10 anos para ser terminada. E ainda, de certo modo, continua em andamento...
-Que loucura – sussurrou Harry para si mesmo, olhando para Canino.
-Loucura é o que o Alfred passou... – disse Canino.
-Alfred??? – perguntaram Sakura e Harry ao mesmo tempo.
-Exato, ele...
Na hora em que Canino ia falar, Sasuke abriu a porta com força, e a mesma bateu no lobo o empurrando para trás.
-Sasuke? Lucas? O que estão fazendo aqui? – perguntou Sakura, assustada.
-Sakura... - disse Harry olhando para trás da porta – O Canino não está mais aqui!
O lobo havia sumido, sem nem se quer deixar vestígios, parecia ter sumido junto com o barulho da porta.
-Ótimo! Agora nunca saberemos a história do Alfred!
-Alfred? – perguntou Lucas.
-É...
Sakura foi interrompida pelo um grito de Joxer:
-Oi pessoal! Ainda bem que achamos vocês!
Ele vinha acompanhado de Hinata e Hermione.
-Por que está todo mundo com cara de zumbi mal amado? – perguntou ele, olhando para todos que ele acabara de dizer “oi”.
-Porque Canino, o lobo que estava aqui, estava nos contando tudo sobre o Jogo e agora ele ia falar sobre o Alfred, o problema é que o Sasuke e o Lucas apareceram e, digamos que eles atrapalharam a conversa e o Canino... – explicou Sakura.
-Picou a mula? – tentou completar Joxer.
-É... Digamos que foi isso...
-Mas o que vocês tinham na cabeça? – perguntou Joxer pegando Lucas e Sasuke pelo colarinho. – Vocês... Rrronc... – Joxer soltou os dois e começou a masssagiar sua barriga – Tô com uma fome do Saara....
-Eu também – disse Harry – acho melhor entramos e procurarmos Alfred e os outros, está muito frio aqui fora.
Os outros concordaram com a cabeça e adentram a mansão. Lá dentro, estava um escuro agonizante, não sabiam onde estavam passando direito e nem se que ouviam nada nem ninguém, o máximo que eles conseguiam ouvir, eram seus próprios passos e o som do vento gélido.
- Acho que depois que comermos e acharmos os outros, devemos procurar a tal pedra do gelo e o talismã da água – disse Harry ao outros enquanto andavam.
-É mesmo, mas essa coisa de “Talismã da água” e “Pedra no gelo”...
-É “Pedra do gelo”, Joxer – corrigiu Hermione.
-Ah! Tanto faz! O que é importa pra mim é que esses nomes são um tanto estranhos, parece mais uma história de um poema mal contado! Estou me sentindo em um conto de fadas!
-E isso não é legal? – interveio Lucas – Procurar esses objetos pode ser divertido, olha, eu acho que a gente só está vendo o lado negativo dessa história toda, ninguém percebeu que quando sairmos daqui, obviamente, poucos de nós nos veremos de novo, além do mais essa aventura está sendo bem divertida pra mim!
-Enlouqueceu! Nós nem sabemos se vamos sair daqui e você está se “divertindo”!? – disse Sasuke, aborrecido.
-Se continuarmos pensando que nunca vamos conseguir realmente nunca iremos conseguir!
-Precisava repetir a palavra “conseguir” duas vezes? – interrompeu Joxer – isso torna a frase chatamente repetitiva!
Harry, Sakura e Hermione, bateram a mão na testa e balançaram a cabeça, e sussurraram ao mesmo tempo:
-Oh meu Deus, o que que eu fiz para merecer isso?
-Mudando de assunto... – disse Joxer – o que o Canino disse há vocês?
Harry e Sakura entreolharam, e apreensivos, os dois começaram a contar tudo o que o lobo cotara a eles mais cedo. Ao terminarem, todos os que ouviram estavam seriamente assustados.Lucas, que parecia mais tranqüilo, foi o único que teve coragem de dizer alguma coisa:
-Se poucos conseguiram ganhar, que nós façamos parte desse pouco, né Joxer?
-É, eu acho que é... – respondeu o amigo, desanimado.
-Que isso! Animação pessoal! Olha gente, posso não ser um perito em aventuras, mas todos os animes e séries que eu já assisti na TV, todos eles mostraram o quanto é importante não desistir, e agora colocarei isso em prática! Quem tá comigo?
Ninguém disse nada, mas o garoto não se deu por vencido:
-Ok, já que ninguém está afim de animação, eu é que não vou ficar na deprê! Vou continuar caminhando, sorrindo e feliz, cantando um canção improvisada: “Meu nome é Lucas e tô no “Jogo dos Mistérios”, falo sério! Falo sério! Meu nome nome é Lucas e tô no “Jogo dos Mistérios”, falo sério! Falo sério! Não vou ficar triste, vou ser feliz!Não importa se eu estiver no gelo e com catarro no nariz! Ta legal isso é nojento, mas eu cheguei aqui! Só não sei como, eu não me lembro!!! Meu nome é Lucas e tô no “Jogo dos Mistérios”, falo sério! Falo sério! Meu nome é Lucas e tô no “Jogo dos Mistérios”, falo sério! Falo sério!”...
Enquanto Lucas cantava alegremente enquanto caminhava, Sakura perguntava para os outros:
-Ele não fica triste com nada não?
-Acho que ele só tenta ser feliz na hora que mais precisamos, quando estamos tristes – comentou Hinata, e ela continuou andando atrás de Lucas – acho deveríamos fazer a mesma coisa.
Os outros pensaram um pouco, e depois fizeram o mesmo.
-Ei Lucas! – gritou Joxer – vou cantar também pra descontrair: “Eu sou Joxer e cheguei até aqui!E vou cantar pra me descontrair! Se você não acredita que eu vou ganhar... pode ficar num canto e chorar! Quer pagar pra ver, que eu vou vencer? Então já pode pagar porque eu vou ganhar! Irra!”

Enquanto Joxer e Lucas cantavam alegremente e os outros os seguiam, o restante dos participantes se encontravam na grande sala de jantar, junto a Alfred. Todos sentados a mesa, exceto o fiel mordomo, que preferia ficar de pé e contemplar ali mesmo a neve caindo na janela. Todos estavam almoçando, quando ouviram não muito longe um som de uma musiquinha bem contagiante:
- “Vem com a gente vem dançar! Eu só quero arrasar!”
-É a voz do Joxer – disse Gina, levantando-se um pouco da sua cadeira e tentando ver a porta.
-Eu vou abrir a porta, talvez ele esteja com os outros – disse Fred, levantando-se.
-Não precisa Sr. Weasley – Alfred estralou os dedos e porta abriu-se imediatamente.
-“E assim eu alego, meu amigo sou esperto...” – por mais que uma porta de mais de 10 metros de altura tivesse se aberto em sua frente, Joxer estava tão distraindo cantando e dançando sozinho que nem reparou que seus amigos haviam parado de andar, e agora, observavam ele com cara de quem não estava entendendo o porquê que ele ainda estava dançando, nem o porquê de ele não ter prestado atenção na porta.
-Joxer – disse Harry.
-Oi! – disse ele olhando para Harry, e de costas para o salão.
-Olhe pra trás.
-Pra que? Você é muito mandão sabia?! – reclamou Joxer, emburrando e cruzando os braços enquanto obedecia ao que o amigo havia lhe pedido – Ah!!! Todo mundo! Olha gente! Todo mundo tá aqui!
-É o que nós estávamos tentando mostrar, né inteligência? – disse Harry, adentrando o salão enquanto os outros faziam o mesmo – e quanto mais tempo eu fico perto de você e do Lucas, mais eu pego esse jeito estranho de falar!
-He he, eu sei, as vezes é contagioso – comentou Lucas, rindo.
Todos os participantes se cumprimentaram e depois sentaram-se. Começaram a falar como chegaram no salão, e a história mais emocionante e difícil realmente fora a do grupo que acabara de chagar, pois os outros só tiveram que lutar com o frio e com a escuridão. Sakura e Harry contaram a história com Canino, exeto a parte de Alfred, pois eles decidiram não discutir sobre isso naquela hora com Alfred
-E como vocês fizeram para depois da conversa, impedir que ele os mordesse? – perguntou Neville, ansioso por resposta.
-Nada, no meio da conversa duas pessoas muito delicadas atrapalharam o dialogo que estávamos tendo com Canino – respondeu Sakura, encarando Lucas e Sasuke – nada que uma porta não resolva, não é?
-Uma porta?
-Sim Neville, uma porta – disse Harry – na hora em que Sasuke abriu a porta, ele empurrou Canino para um lado e ele sumiu!
-Agora vai nos crucificar pelo uma coisa que nem tivemos culpa direito? – defendeu Lucas.
-Exato, não sabíamos que estavam tendo uma conversa com um lobo que nem se quer é lobo de verdade! – contribuiu Sasuke com a defesa.
Todos se calaram, os únicos sons que se ouviam no salão, eram de talheres, pratos e pratos. Parecia que todos não comiam a semanas, essa era a primeira refeição que tinham em dois dias, o pior para Sakura, era que a comida não a satisfazia por completo, ela já estava satisfeita como humana, mas não como vampira, a comida estava uma delícia, isso ela podia negar, porém parecia que metade de seu estomago estava vazio, e não satisfazia com simples comida. Hermione percebeu que Sakura não parecia muito bem, então resolveu puxar assunto com os participantes para ela poder se distrair e tentar esquecer um pouco a fome de sangue.
-Neji, que bracelete é essa em seu braço – disse, ao observar que no braço esquerdo de Neji havia uma espécie bracelete de metal, no qual tinha uma pedra oval deitada bem no meio, a pedra era verde e brilhosa, tinha o mesmo brilho que o colar que um dia ela achou na mansão.
-Ah, isso? – disse ele sorrindo e olhando para objeto – é só uma coisa brilhosa que eu achei jogada na mansão e resolvi us...
-Tire isso! – disse ela séria, encarando o garoto.
-Por quê? É só um bracelete velho!
-Não, não é só um bracelete, é um bracelete perigoso, tão perigoso quanto o colar que eu achei no chão e que me enfeitiçou e alguns de meus amigos!
-Enlouqueceu? – contrapôs ele – Como pode ter tanta certeza de que é perigoso?
-Retire-o e eu respondo – respondeu ele séria, e um pouco nervosa.
-Não, isso – ele apontou para o objeto em seu braço – não faz mal a ninguém pois é um objeto sem vida, sem mágica...
-Então retire-o!
-Não!
-Ok! Então para mudar de assunto, o que você estava fazendo todo esse tempo? Afinal, você foi o único a sumir por 48 horas sem nem se quer termos idéia de onde você estava! – disse Hermione, nervosa, porém tentando manter a calma e agir com coerência.
-Perdido na mansão, me perdi na escuridão e não consegui achar ninguém...
-Ah que isso! Essa mansão foi invadida por Vampiros e você nem se quer foi encontrado e tivemos pistas de onde você veio, e ainda chega com esse bracelete muito suspeito em seu braço e ainda não que tira-lo, ah faça-me favor!
-Não o tirarei por que não há necessidade, só porque você foi enfeitiçada não significa que eu também esteja!
-Comportando-se dessa maneira só pode estar...
-Você nem me conhece – disse Neji, levantando-se e ainda a encarando.
-É realmente, – ela levantou-se de sua cadeira e olhou para todos que estavam sentados – e então pessoal que conhece o Neji, ele é sempre assim?

Hinata Weasley
Os Últimos Uchihas
Os Últimos Uchihas

Feminino
Número de Mensagens : 185
Idade : 21
Localização : em Hogwarts praticando feitiços ou em Konoha treinando para ser uma grande ninja.
Jutsu favorito : Byakugan
Amo meu fórum sim ou não? :
50 / 10050 / 100

Qual seu filme favorito? : Todos de Harry Potter, Narnia, Rei Leão e outros^^
Qual melhor frase para o fórum? : "Naruto Especial fique conosco para todo o sempre"
Data de inscrição : 17/05/2008

Ficha do personagem
HP:
10000/10000  (10000/10000)
HP Dos Mascotes:
9000/9000  (9000/9000)

Ver perfil do usuário http://omundodenarutoblog.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Jogo dos mistérios (Naruto e Harry Potter)

Mensagem por Hinata Weasley em Qui Abr 23, 2009 9:28 pm

parte dois

Os que conheciam o garoto simplesmente balançaram a cabeção simbolizando um “não” bem claro.
-E então, o que você acha? – disse ela, cruzando os braços e com um sorriso vitorioso,olhando para ele.
-Acho isso loucura – disse ele, se sentando, e continuando a comer olhando somente para o seu prato.
Hermione sentou-se e começou pensar, os outros participantes não estavam entendo direito o que estava acontecendo ali, porém a maioria concordava com Hermione, Neji não aparentava estar em seu estado normal. Hermione observou o Hyuuga novamente para saber se ele tinha outra coisa suspeita, então ela viu, quando o bracelete dele escorregou um pouco de seu punho, uma mordida que aparentava ser bastante recente. Ela se assustou, porém preferiu disfarçar que estava assustada, e continuou a comer. Ela começou a pensar: “ A mordida no braço dele não muito comem, parece um pouco com a da Sakura, porém a dele é maior, parece que ele foi mordido por uma espécie de animal...” a garota juntou tudo e teve uma teoria que resolveu não publicar naquele exato momento pra todo mundo.
-Neji...
Neville começou a falar, mas foi interrompido por um rugido do garoto:
-O que é?
-Nada – respondeu Neville, assustado – eu só queria pedir pra você me passasse a bandeja de cochas de frango, mas deixa pra lá, pode continuar a comer – ele preferiu não arrumar mais confusão com Neji naquele momento, então continuou a comer.
Quando Neji gritou, Sakura uma leve impressão que os olhos do garoto ficaram amarelados, ela não sabia se era só impressão, ou se vira realmente, mas aqueles olhos amarelados lembrava alguém, era um olhar, por mais rápido que fosse, amedrontador, cruel, que pareciam queimar a própria alma... A garota teve uma idéia!
Sakura, naquele exato momento, tinha certeza que o garoto foi mordido pelo Canino ou por alguém da mesma espécie. Por saber que isso era muito perigoso, ele preferiu acabar logo com isso, mas não revelaria em aberto que ele fora mordido por um lobo, pois com certeza ele negaria. Ela então bolou um plano.
Ela se levantou de sua cadeira e começou a andar em direção ao garoto. Ela parou atrás da cadeira dele, e se esticou um pouco para pegar o suco de uva que estava um a frente, ela pegou um copo, e começou a colocar suco, e quando ela foi colocar a jarra novamente na mesa, ela fingiu escurregar a mão e a jarra caiu bem em cima do garoto. Ele se levantou imediatamente, todo molhado.
-Ops – disse ela – foi sem querer Neji eu...
Os olhos do garoto estavam amarelos escuro, sua raiva era muito bem visível.
-Tudo bem – disse ele entre os dentes, e acudindo as mãos – sei que não foi de propósito.
Sakura sabia que ele estava se segurando para suas presas não saírem, ela conhecia bem a sensação de raiva e ela também sabia que ele não aguentaria por muito tempo.
-Bem, acho melhor você tomar um banho, mas vê se não se perde no caminho para não ser mordido por uma fera novamente...
-CHEGA!
Ele correu para a porta para não verem suas presas.
-Alfred, - gritou Sakura, sem tirar os olhos do garoto – tranque as portas e abra bem a janela, por favor, sei que você pode fazer isso em um piscar de olhos!
-Sim senhora – respondeu o mordomo, com um leve sorriso e depois estralou os dedos, fazendo com que a as cortinar se abrissem e a porta se trancasse.
Sakura pulou em cima da mesa rapidamente.
-E então Neji, achava que ninguém ia descobrir né? Ingênuo você, não é? Não sei se você sabe, mas eu fui mordida por dois vampiros, e com isso, recebi além de sofrimento, uma agilidade incrível, além de outros fatores! E você... Você foi mordido pelo Canino, não foi?
-Sim, -respondeu ele virado para a porta e de costas para os outros – porém não foi só isso que aconteceu... Também encontrei esse bracelete e agora estou mais forte do que nunca...
-Eu sabia – disse Hermione, todos já estavam de pé olhando para Neji – Eu sabia que você havia sido mordido pelo Canino, vi sua mordida quando seu bracelete escorregou um pouco em seu braço, pude ver a mordida de um animal, uma mordida grande demais para ser de um vampiro!
-Há! As duas são muito espertas! Porém, não repararam um fator importante... – ele deu um sorriso irônico – aonde estive todo esse tempo?
-Nós é que perguntamos, né Zé?! – disse Joxer, indignado.
-Menos Joxer, menos, não me mate de vergonha rapaz – disse Lucas, sério, porém brincando também.
-Aonde esteve todo esse tempo? – perguntou Sakura, ainda em cima da mesa.
-Eu estava com o vigiando vocês, olhando cada um, um dos participantes que tive o dever de escolher para onde ia, foi o Sasuke.
-Você me jogou naquela cela? – perguntou Sasuke, surpreso e indignado.
-Você trabalhando para o dono do jogo – perguntou Rony, que estava do mesmo jeito que Sasuke.
-Sim e sim – respondeu Neji – Sasuke, você se lembra de ver duas sombras antes de desmaiar?
-Sim eu... Era você!
-Sim, e fui eu quem te mandou para lá! E parece que de presente a Sakura virou uma vampira! Então tive uma boa escolha, claro que foi muita sorte vocês quatro acharem a cela! E toda essa confusão em deu uma nova missão...
-Qual? – perguntou Lee.
-A missão de levar Sakura para os vampiros, por isso eu ia fingir que nada havia acontecido... Mas parece que as coisas mudaram... – ele se virou em posição de ataque e mostrou seus enormes dentes caninos.
Sakura pulou da mesa, e fez o mesmo. Pareciam dois animais se encarando;
-Puxa vida, parece que estou assistindo um filme de ação no qual há seres com poderes sobrenaturais – comentou Joxer, observando as duas feras.
-Ou um seriado, uma novela, uma propaganda... etc... – continuou Lucas, também observando as duas feras.
Hermione virou para os dois, incrédula.Como eles podiam estar tão calmos numa hora como aquela? Falando de um que não tinha nada haver com o assunto?
-Hermione não se preocupe, um dia você se acostuma com nossos comentários sem sentidos – disse Joxer sorrindo – Mas acho que agora o mais interessante é esses dois se encarando profundamente por horas, que no caso é uma muito divertida... Pra não dizer o contrário – completou.
-O garoto pateta tem razão, não agüento mais ficar nesse vai ou não vai – disse Neji, sorrindo e se levantando – e então Sakura, decida-se!
-Não vou com você!
-Tem certeza? Porque acho que sua sede por sangue não agüentará mais tempo, então, a qualquer momento você pode se descontrolar por completo. Isso seria muito perigoso para seus amigos, além disso, se vier comigo irá beber sangue sem precisar atacar ninguém... E então, aceita?
Sakura não respondeu, levantou-se, e começou a encarar o garoto-lobo com um olhar indeciso.
-Eu...
Ela começou, porém foi interrompida por Naruto:
-Não há necessidade de ir com ele! Tenho certeza que podemos achar sangue em outro lugar!
-Talvez sim, mas...
-Ok, - disse Neji – Chega disso, estou com muita pressa para ficar nessa situação a vida toda, vamos fazer o seguinte, eu vou te dar um tempo para pensar, e depois você me fala quanto tempo, pode ser?
-Quando? – perguntou Sakura.
-Não sei...
O garoto abriu as portas, e foi embora, a última coisa que viram dele, foi sua cabeça, quando a porta se fechou. E então, eles ficaram um tempo encarando o lugar por onde o garoto acabara de sair, e depois, voltaram a jantar.



Comentem, por favor POR FAVOR

Hinata Weasley
Os Últimos Uchihas
Os Últimos Uchihas

Feminino
Número de Mensagens : 185
Idade : 21
Localização : em Hogwarts praticando feitiços ou em Konoha treinando para ser uma grande ninja.
Jutsu favorito : Byakugan
Amo meu fórum sim ou não? :
50 / 10050 / 100

Qual seu filme favorito? : Todos de Harry Potter, Narnia, Rei Leão e outros^^
Qual melhor frase para o fórum? : "Naruto Especial fique conosco para todo o sempre"
Data de inscrição : 17/05/2008

Ficha do personagem
HP:
10000/10000  (10000/10000)
HP Dos Mascotes:
9000/9000  (9000/9000)

Ver perfil do usuário http://omundodenarutoblog.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Jogo dos mistérios (Naruto e Harry Potter)

Mensagem por Ashley Uzumaki em Sex Abr 24, 2009 11:07 pm

está show!
como sempre...
continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa... POR FAVOR

Ashley Uzumaki

Feminino
Número de Mensagens : 23
Idade : 20
Localização : Phoenix
Jutsu favorito : Hakke Shou Kaiten, Hakke Rokujuuyonshou, Hakke Hyakunijuuhasshou, Jyuuken, Byakugan, Jushibari Jutsu
Amo meu fórum sim ou não? :
0 / 1000 / 100

Qual seu filme favorito? : Todos do Harry Potter, Crepúsculo, e Todos de Anime.
Data de inscrição : 15/02/2009

Ficha do personagem
HP:
10000/10000  (10000/10000)
HP Dos Mascotes:
9000/9000  (9000/9000)

Ver perfil do usuário http://www.fliperama.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Jogo dos mistérios (Naruto e Harry Potter)

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 5:35 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 :: Fan Zona :: Fan-fic

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum