A Lua que brilha na escuridão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Lua que brilha na escuridão

Mensagem por Akimichi - Chouji em Qua Jun 18, 2008 3:42 pm

A Lua que brilha na escuridão:
o encontro de duas almas solitárias


Marinne
mari800_00@yahoo.com.br


O caixão ia abaixando devagar, até que finalmente encontrou o seu destino...uma cova, no meio de tantas outras cavadas pelo mesmo grupo de bruxos.

Harry olhou ao seu redor, seus olhos cheios de lágrimas e sofrimento. Viu Snape com, o que parecia para o menino, um meio sorriso nos lábios.Viu seus amigos e percebeu que não era o único que chorava. Deu uma certa alegria saber que seus amigos compartilhavam do mesmo sentimento que ele.Viu Lupin, o professor estava sério, mas seu rosto logo se contorceu em um sorriso quando percebeu que Harry o observava.

-Hum, acho melhor nos irmos embora.

A senhora Wesley então colocou a mão no ombro de Harry, que por um momento relutou, mas depois resolveu que não adiantava ficar ali chorando pelo resto de sua vida.

Aos poucos o cemitério foi ficando vazio até sobrar uma única pessoa que ainda encarava o caixão com o seu rosto que voltara a ser sério. Ao ver que todos já tinham ido embora as lágrimas não resistiram mais e começaram a rolar pelas marcas em seu rosto. Naquele momento ele se sentia um completo nada, sem mais nenhum propósito na vida. Ajoelhou-se diante da lápide sem nem saber o que estava fazendo e os soluços começaram em quanto ele lia o seu nome se certificando que era mesmo ele. Mas estava tudo certo, infelizmente não tinha nada de errado, nem uma vogal sequer, estava escrito claramente.

Olhou para o céu, na esperança que a sua maldição aparecesse, mas não apareceria...ainda estavam na lua nova. Logo hoje que tudo que ele queria era perder a sua consciência para não precisar lembrar que tinha perdido a coisa mais importante na sua vida.

Como o destino era injusto com ele, não sabia o que tinha feito para merecer uma vida tão vazia e sem propósito. As lembranças iam e vinham em sua mente só para aumentar o seu sofrimento... o primeiro dia em Hogwarts... os seus primeiros amigos .... a sua declaração a Sirius... a primeira noite juntos...a criação dos “Marotos”... Mas junto das lembranças boas também vem as tristes. Lembrava como se tivesse sido ontem do artigo no Profeta Diário dizendo que Sirius tinha sido levado para Azkaban por ter matado os Potter e Rabicho... lembrou-se que no momento não quis acreditar... não... não o seu Sirius, ele nunca faria isso. Tinha voltado a cair em um poço sem fundo, estava sozinho no mundo. Mas após doze anos sem nenhum propósito ele recebeu uma tarefa tão irrecusável que nem pensou duas vezes em aceitar o trabalho dado pelo professor Dumbledore, ele era o único que ainda estava ali para cuidar de Harry o único problema seria que teria que voltar a Hogwarts e as lembranças que lhe trazia, mas aquele foi um ano muito divertido e gratificante ... Alem de descobrir que James teria se orgulhado muito de Harry e da maneira como joga quadribol, ele ainda descobriu que seu amado era inocente e que eles , enfim, teriam uma nova chance de ficar juntos ... Chance que foi totalmente apagada com a fuga de Rabicho e agora... com a morte dele .

Respirou fundo querendo se acalmar e parar de chorar. Mas como parar se quem sempre afagava suas lágrimas era ELE? Quantas vezes ele chorou, após uma deliciosa noite de amor, se desculpando por ter desconfiado dele e ter tentado mata-lo. E ele apenas acariciava os seus cabelos suados e dizia que não precisava se preocupar que no lugar dele ele faria o mesmo para proteger Harry e por fim dava um beijo em sua testa e o esperava adormecer. Era difícil de acreditar que tudo aquilo tinha chegado ao fim, todas aquelas promessas de que haja o que houvesse eles ainda continuariam juntos .

O seu coração foi apertando, o frio foi aumentando, ele olhou no relógio e viu que já era muito tarde, já estava na hora de voltar... teria que voltar para aquela mansão que lhe trazia tantas lembranças dele .

Levantou-se meio forçado, enxugou as lágrimas com as costas das mãos e foi andando em direção a saída do cemitério, viu que havia uma lua cheia pintada logo ali, na parede do cemitério, e começou a observa-la .

-Quer uma carona?

-O que faz aqui?- perguntou espantado ao reconhecer a voz

-Dumbledore pediu para eu te esperar - sério

-Hum, não precisava...- voltando a fitar a imagem

-O que foi? Até parece que nunca viu a lua cheia.

-Quer saber de uma coisa? Quando eu era pequeno, eu costumava contemplar a lua cheia sempre com a minha família, eu a achava a coisa mais linda do mundo, sempre iluminando o céu e por mais que estivesse escuro a luz dela nunca se ofuscava...

-...

-Mas logo após que eu fui mordido a lua tinha perdido totalmente o seu brilho e em vez de esperança de vê-la eu tinha medo... muito, muito medo . Então parei de contempla-la e comecei e me sentir igual a ela...sozinho no meio de uma imensa escuridão . Depois que eu entrei em Hogwart eu me sentia um pouco deslocado sem saber muito bem o que fazer, com medo que as pessoas descobrissem o que eu era. Mas... qual foi o meu espanto quando James e os outros descobriram e em vez de se afastarem eles se esforçaram para se transformarem em animagos só pra ficarem do meu lado.

-Hunf...- fazendo uma cara de desgosto

-Eu sei que você não gostava muito deles e eu não o culpo por isso. Na verdade eu não sei nem por que eu estou te contando uma coisa dessas. Mas depois que eu fiquei na companhia deles a lua parou de me assustar e eu até voltei a desejar que ela não tardasse a aparecer para nós nos divertimos . Mas...- as lágrimas voltando a rolar – mas acho que observando bem ela so não passa de uma esfera que nos enche de alegria, mas que some logo ao amanhecer e só volta depois de muito tempo. Sinto estar te enchendo com essas minhas bobeiras - limpando as lágrimas...

O rapaz ao seu lado apenas faz uma coisa que nunca seria esperado de sua parte, o abraça com força e diz que ele pode chorar a vontade... dizendo isso Lupin encharca as suas vestes com as lágrimas amarguradas .

-Olha ... eu não entendi muito bem todas essas coisas que você me disse – ainda o abraçando – eu nunca tive amigos como você teve e acho que isso aumentou um pouco a inveja que eu tinha de Black e Potter. Eles eram bonitos, populares e eram ótimos amigos. Enquanto eu... eu era apenas um garoto covarde, mesquinho e frio que se fazia de superior para que seu orgulho não fosse ferido .

-Do que você esta falando? – se separando – eles fizeram muitas coisas horríveis com você, eu até entendo o por que de sua tamanha raiva. Só não entendo por que você trata Harry desse jeito já que ele não tem nada a vê com isso.

O homem de cabelos oliosos ficou um pouco sem graça... a sua implicância com Potter não tinha nenhum motivo aparente. Hum, o que o tinha levado a abraçar esse cara que sempre considerou tão nojento e arrogante quanto Sirius e James, mesmo que ele nunca lhe tenha feito nada ... Sem contar que ele não tinha apenas o abraçado, tinha aberto o seu coração para aquele pobre rapaz. Será que tinha sido por causa dessa carinha de cão sem dono que ele esteve fazendo desde que Sirius morreu? Falando nisso ... tinha de admitir que a morte de Sirius não foi de tão agrado. Tinha jurado matar Sirius com as suas próprias mãos, mas agora não seria mais possível... pelo menos agora aquele lobisomem estaria sozinho, tinha de admitir que sempre sentira uma coisa especial por aquele menino... sera que essa era mais uma razão para odiar tanto Sirius ?

-Podemos ir embora agora? – Lupin disse quebrando aquele silencio

-Claro – reparando que as lágrimas tinham parado de rolar do rosto do outro.

-Hum, Snape ... por que o Dumbledore pediu pra você ficar ?

-Não sei.

-Sabe, até que você é um cara legal, me desculpe por qualquer coisa que eles tenham te feito – sorrindo

-Tudo bem , já passou... também quero me desculpar pelas coisas que eu fiz a eles .

-O_O – surpreso – Nossa ... eu nunca pensei que um dia eu pudesse te ver pedindo desculpas .

-Na verdade- sorrindo – eu nunca pensei que fosse capaz de dizer uma coisa dessas.

“Por que eu estou sorrindo para ele ? Mas que sensação estranha”

Lupin observa o rosto de Snape, era a primera vez em anos que o via sorrir... e era uma visão maravilhosa ele deveria ficar assim pra sempre, seu rosto ficava gentil e bonito, ficava um pouco parecido com o de Sirius ? Sem saber o que estava fazendo Lupin segura o rosto de Snape e o beija. Quando enfim percebe o que esta fazendo ele o solta ficando super envergonhado:

-Hum, desculpe, mas eu te confundi com outra pessoa – vermelho – vamos indo então?

Snape, que nunca tinha sido beijado, adorou a sensação e segurou as mãos de Lupin enquanto ele partia o voltando para ele e dando outro beijo.

Lupin que estava muito carente aceitou o beijo, mas se sentia um idiota de estar fazendo isso com o rival do seu grande amor e bem no dia do seu enterro .

-Snape – se separando dele – eu não posso fazer isso...

-Lupin - o abraçando –por favor – começando a chorar – eu não quero mais ficar sozinho.

E os dois recomeçam o beijo. Lupin agora tinha alguém novamente para compartilhar a sua tristeza e Snape tinha, finalmente, encontrado alguém com quem pudesse abrir o coração.

Ambos foram se descobrindo aos poucos. Snape preparava todas as noites a poção para Lupin que o recompensava sempre com a sua companhia alegre e divertida. Aos poucos eles foram se entregando uns aos outros...seus corpos...seus corações... Snape lembrava muito Sirius em alguns pontos e Lupin sofria em sempre se lembrar dele. Amava Sirius, mas agora era ele que tinha alguém para confortar em seus braços todas as noites... Alguém que sempre tinha mágoas para contar e que sempre tinha lágrimas para molhar o seu peito. Alguém que nunca tinha sentido o amor e que nunca fora compreendido, so por que em seu coração so havia a solidão e o desespero.

Lupin agora era a Lua que iluminava a escuridão do coração de Snape e que, mesmo sabendo que não seria possível, tinha jurado esquecer Sirius. Mas, secretamente, esperava ansioso até o dia em que suas almas voltariam a se encontrar

15 [não é minha mas, é digna de leitura]

Akimichi - Chouji
Estudante da Academia
Estudante da Academia

Masculino
Número de Mensagens : 39
Idade : 33
Localização : Brasil-Portugal-Israel
Jutsu favorito : Baika no Jutsu, Bubun Baika no Jutsu, Chou Baika no Jutsu, Mizudan Sensha, Harite Chou, Nikudan Sens
Amo meu fórum sim ou não? :
0 / 1000 / 100

Qual seu filme favorito? : Tomates verdes fritos
Qual melhor frase para o fórum? : "Uma noticia sou membro do Naruto Especial e você?"
Data de inscrição : 18/06/2008

Ver perfil do usuário http://repimbocadesparafusada.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Lua que brilha na escuridão

Mensagem por Ginny Hatake em Qua Jun 18, 2008 3:52 pm

Ah sim já tinha lido é lindo^^

Ai ai ai achou uma H² eu tenho várias H² Akimichi - Chouji vc quer que o Harry fique com a Hermione? 9Ta ta ele não ficou, mas não pdoemos perder a esperança né?)

_________________


Ginny Hatake
Administradora Geral Giuliana Y. M. da Paixão
Administradora Geral Giuliana Y. M. da Paixão

Feminino
Número de Mensagens : 744
Idade : 20
Localização : Em Konoha brincando com os filhos da Sakura e do Naruto e do Sasuke e da Hinata
Jutsu favorito : Todos
Amo meu fórum sim ou não? :
100 / 100100 / 100

Qual seu filme favorito? : Harry Potter!
Qual melhor frase para o fórum? : "Naruto Especial! Um fórum de Naruto como nunca viu igual!"
Data de inscrição : 26/03/2008

Ver perfil do usuário http://narutolive7.gofreeforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Lua que brilha na escuridão

Mensagem por Akimichi - Chouji em Qua Jun 18, 2008 5:45 pm

Chefia escreveu:Ah sim já tinha lido é lindo^^

Ai ai ai achou uma H² eu tenho várias H² Akimichi - Chouji vc quer que o Harry fique com a Hermione? 9Ta ta ele não ficou, mas não pdoemos perder a esperança né?)


No último livro o Harry casa com Gina. naopodeser

Akimichi - Chouji
Estudante da Academia
Estudante da Academia

Masculino
Número de Mensagens : 39
Idade : 33
Localização : Brasil-Portugal-Israel
Jutsu favorito : Baika no Jutsu, Bubun Baika no Jutsu, Chou Baika no Jutsu, Mizudan Sensha, Harite Chou, Nikudan Sens
Amo meu fórum sim ou não? :
0 / 1000 / 100

Qual seu filme favorito? : Tomates verdes fritos
Qual melhor frase para o fórum? : "Uma noticia sou membro do Naruto Especial e você?"
Data de inscrição : 18/06/2008

Ver perfil do usuário http://repimbocadesparafusada.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Lua que brilha na escuridão

Mensagem por Ginny Hatake em Qua Jun 18, 2008 6:06 pm

é mais o que fazer prefiro H²

_________________


Ginny Hatake
Administradora Geral Giuliana Y. M. da Paixão
Administradora Geral Giuliana Y. M. da Paixão

Feminino
Número de Mensagens : 744
Idade : 20
Localização : Em Konoha brincando com os filhos da Sakura e do Naruto e do Sasuke e da Hinata
Jutsu favorito : Todos
Amo meu fórum sim ou não? :
100 / 100100 / 100

Qual seu filme favorito? : Harry Potter!
Qual melhor frase para o fórum? : "Naruto Especial! Um fórum de Naruto como nunca viu igual!"
Data de inscrição : 26/03/2008

Ver perfil do usuário http://narutolive7.gofreeforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Lua que brilha na escuridão

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:35 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum